Buscar

Expectativa de Vida


É de causar tristeza e revolta o que ocorre hoje - como quase sempre, infelizmente - com a nossa PREVI. Vejam só o que os seus tecnocratas aprontaram desta vez com relação à "Tábua de Mortalidade", que mensura a necessidade das Reservas Matemáticas para o pagamento dos benefícios até o alento final do último assistido do Plano 1.

Graças aos cálculos complicados que só eles conhecem, descobriram que a expectativa de vida para os homens é de 86 anos e para as mulheres de 89 anos.

Alegremo-nos, colegas, pois pertencemos a uma casta especial de ricos, muito mais ricos do que os ricos do nosso querido Brasil. Se assim não for, o IBGE está totalmente equivocado ao apontar os moradores de um bairro nobre da capital paulista, onde vivem os mais ricos do País, com expectativa de vida de 79 anos, em estimativa divulgada recentemente.

Qual "tecnologia" os tecnocratas utilizaram para chegar a essa estimativa exagerada e absurda para tal expectativa de vida? É a pergunta que se faz, cuja resposta só conseguimos deduzir que seja apenas pelo desejo da PREVI de prejudicar cada vez mais os assistidos do Plano 1.

Senão, vejamos: para cada ano a mais em nossa expectativa de vida é preciso aportar mais de 4 bilhões de reais nas Reservas Matemáticas. Desta forma, como a estatística da PREVI com relação à do IBGE mostra uma diferença de 7 anos, isto significa que vamos precisar de mais de 28 bilhões de reais para suportar o ônus da Reserva Matemática.

A propósito, Reserva agora agravada em consequência do desastre da Vale em Brumadinho (MG), graças à incúria dos seus administradores e da qual a PREVI participa, fato que nos leva a projetar para o ano de 2021 o aumento de nossas contribuições a um patamar semelhante às dos Fundos de Pensão de outras estatais, que hoje contribuem com mais de 20% ao mês.

Como impedir isso? Só nos restam dois caminhos: ou a PREVI reverte esses cálculos arbitrários ou nos obrigaremos a buscar o amparo da Lei.

AFABB/PR

Nereu João Lagos

Presidente

(41) 99636-0600

#PREVI #afabbpr #Cassi #NereuJoãoLagos #PalavradoPresidente

Trabalhando em prol dos
Aposentados e Pensionistas
do Banco do Brasil
no Estado do Paraná.

Rua Voluntários da Pátria, 475

Edifício ASA - 5º Andar - cj 501

 Centro - Curitiba - PR - 80020-000

(41) 3223.4907