Buscar

Em busca do equilíbrio


O ano de 2021 foi de incertezas e muita volatilidade. A pandemia de Covid-19 continuou a trazer impactos para a saúde e refletiu intensamente na economia, com o aumento da inflação, que fechou o ano em 10,06% - quando a projeção era de 3,34%. Os planos da Previ também sofreram com as consequências da crise, mas a resiliência dos ativos e da Entidade foi comprovada mais uma vez pelos resultados.

Plano 1 O plano de benefício definido da Previ, com R$ 212 bilhões em investimentos, fechou 2021 com rentabilidade de 7,13% e déficit de R$ 0,9 bilhão, mas em janeiro de 2022 o quadro já foi revertido: o resultado acumulado do Plano 1 em janeiro é de R$ 1,4 bilhão. Confira o desempenho de cada segmento da carteira:




O Plano 1 tem mais de 95% dos seus associados em gozo de benefício – ou seja, já recebendo aposentadoria ou pensão. Só em 2021, o valor total de benefícios pagos foi de R$ 14 bilhões. Por isso, a prioridade para esse plano é a busca do equilíbrio, sem grandes superávits ou déficits. O objetivo é manter a rentabilidade das aplicações equivalente à meta atuarial, preservando a liquidez e os limites de risco. A crise vivenciada em 2021 trouxe impactos, mas também oportunidades. O processo de imunização do passivo foi acelerado, ou seja, a Previ aproveitou o cenário de juros altos para investir em títulos de longo prazo e reduzir os riscos e impactos de crise futuras no Plano 1, diminuindo a exposição à Renda Variável e aumentando a posição em Renda Fixa. Mas como esse processo funciona? Só em 2021 foram comprados mais de R$ 30 bilhões em títulos com prazo até 2055. Esses investimentos têm diversas qualidades, como taxas similares à meta atuarial, ou seja, à meta com que a Previ precisa remunerar os ativos para pagar os benefícios; são de baixo risco; protegem da inflação e têm prazos compatíveis com as obrigações do plano. Se o processo de imunização não tivesse sido realizado, o impacto da crise seria ainda maior, com um déficit de cerca de R$ 6 bilhões. A gestão ativa da Previ fez, mais uma vez, uma diferença positiva, proporcionando mais segurança ao plano e, consequentemente, aos associados.

Previ Futuro O plano de contribuição variável da Previ está em plena fase de acumulação de riqueza previdenciária – ou seja, seus associados ainda são, na maioria, funcionários da ativa. Por causa do horizonte de pagamentos longo, a estratégia do Previ Futuro é voltada para o desempenho, em que faz mais sentido correr riscos para buscar maiores retornos. Nos último cinco anos o Previ Futuro dobrou de tamanho, tendo atualmente R$ 23,49 bilhões em investimentos – em 2016, esse valor era de R$ 9,5 bilhões. Ele já é o sexto maior plano em volume de ativos do sistema brasileiro fechado de previdência complementar. Em 2021 a Previ continuou o trabalho de diversificação dos ativos do plano, assim como os aprimoramentos do programa de Perfis de Investimentos, que divulgou recentemente alterações na alocação e a criação de um novo perfil, o Ciclo de Vida 2060. No Previ Futuro, a participação dos associados na gestão do plano é fundamental. Afinal, o valor do benefício que o participante vai receber quando se aposentar depende do saldo acumulado durante a vida laboral. O valor dessa reserva financeira, por sua vez, depende das contribuições efetuadas, do tempo de contribuição e da rentabilidade alcançada pelo investimento dos recursos do plano. Por isso, a escolha do perfil de investimento pelo associado faz tanta diferença no quanto será recebido no futuro. Veja também o desempenho de cada segmento da carteira do Previ Futuro:




Confira a rentabilidade de cada um dos perfis de investimento em 2021:



Associadocentrismo O associado está no centro da estratégia da Previ. A construção do resultado é feita com foco no propósito da Previ, de cuidar do futuro das pessoas, e na missão da Entidade, de pagar benefícios a todos nós, associados, de forma eficiente, segura e sustentável. Queremos reforçar com os participantes nosso compromisso com a segurança, solidez e equilíbrio.

Transparência Um dos principais valores da Previ é a transparência, que vai muito além do discurso e pode ser comprovada por meio de diversas ações realizadas, como a divulgação de resultados, que é realizada mensalmente. Outra prova da transparência da Previ é a apresentação de resultados, que será realizada na próxima segunda-feira, 14/3. Para manter seu compromisso com a transparência e com a integridade e a saúde de seus associados e funcionários, as apresentações serão no formato on-line, como já tem sido adotado ao longo desta pandemia de Covid-19. Para o Plano 1, a apresentação será das 15h às 16h30, já para o Previ Futuro, das 17h às 18h30. Para saber como participar, leia a matéria “Nosso compromisso com você”.



fonte: www.previ.com.br


(41) 3223.4907